Na Prática

Os grupos de Facebook, são o futuro da rede?

O novo design do Facebook já está entre nós há alguns meses e, apesar de ainda não disponível para todos, traz uma nova era para a rede social. E nesses novos tempos de FB, os grupos chegam com tudo. 

O layout promete um serviço mais independente do feed de notícias, e abre um destaque especial para os grupos presentes da rede. O foco é aproximar os usuários de grupos que se identificam (por isso trará opções com aqueles que mais se encaixam no seu perfil).

Além disso, a novidade aposta no mesmo princípio do Instagram, o branco predomina e o azul (clássico do Facebook) se torna a cor secundária. 

O que o Facebook pretende com isso? 

Segundo um comunicado da própria rede social para a imprensa, hoje, mais de 400 milhões de pessoas no Facebook pertencem a algum grupo que consideram relevante. A ideia é só facilitar esse encontro pessoa x grupo. 

Ora ora se não é esse o príncipio das redes sociais… promover interação e comunicação.

Mais mudanças

Facebook Dating, Crush Secreto, perfis personalizados de acordo com seus interesses, um Messenger mais leve e muuuuitas outras novidades. No site de notícias do Facebook você confere tudinho. 

Já é uma realidade, não dá para fugir! 

É só entrar por alguns minutos no Facebook que logo você vai ver uma publicação ou notificação de algum grupo. Seja de vendas na internet (as famosas feiras do rolo), ou de adoção de animais, de doação de roupas, tema é o que não falta e tem alguns que bombam em meio aos internautas. 

Um deles é o “Grupo onde fingimos ser idosos confusos com a tecnologia”. O hype começou em junho de 2019 com um grupo de jovens. O objetivo da comunidade é usar de forma humorística alguns comportamentos comuns dos idosos na internet, isso inclui erros ortográficos, de digitação e até mesmo confusão com interpretação de texto. 

E não é que toda brincadeira tem um fundo de verdade? De acordo com um estudo das Universidades de Princeton e Nova York, pessoas com mais de 65 anos na internet costumam compartilhar sete vezes mais fake news do que aquelas de 19 a 29 anos. 

Bom, tendo fundamento de verdade ou não, o grupo dos “tiozões do zap” fez tanto sucesso que até inspirou outro grande grupo do site faces, o “Grupo onde fingimos ser empreendedores emocionados do Linkedin”. 

Quem nunca passou pelo feed do Linkedin e se deparou com aquele super texto motivacional que quase nunca tem a ver com a sua realidade? Pois é, essa é a fonte de inspiração dos internautas. Afinal, o que vale é o esforço e mudar o mindset, né?

E por aí vai, são universos inteiros de grupos temáticos dentro da rede social e a criatividade vai loooooooooonge.

Alguns exemplos clássicos

E você, participa de algum grupo? quer continuar sabendo mais novidades sobre o Facebook e o mundo do marketing digital? Acompanha a gente por aqui que sempre tem novidade!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Translate »
Share This