É fato: os consumidores pesquisam online antes de comprar alguma coisa em lojas físicas — mais precisamente, 90% deles. Nesse cenário, o marketing digital para varejo é uma aposta certeira para qualquer loja. Mas só dá para aumentar as vendas, com as técnicas adequadas, certo? E uma delas é o copywriting — a arte de escrever textos comerciais.

No texto de hoje, vamos ajudar você a entender um pouquinho melhor essa técnica: como aplicá-la na divulgação online do seu negócio?

 

Use o copywriting para criar relacionamentos

O que diferencia o marketing digital do tradicional é o apelo: antes, era distante e agressivo; hoje, vende criando relacionamento entre marca e cliente. Sendo assim, você deve criar uma relação de proximidade com o seu público.

Até porque, com tanto conteúdo por aí, a tendência é dar atenção ao que é familiar, de confiança. Imagine você perdido na multidão e de repente encontra um amigo. Iria direto a ele para se sentir melhor, não é? O conhecido é sempre um ponto de contato mais próximo.

É essa a lógica que sustenta a aplicação de copywriting ao marketing digital para varejo. Mas vamos explicar essa ideia com mais calma nos próximos tópicos.

 

Acerte a linguagem

Como chamar a atenção de um potencial cliente para sua loja? Falando a língua dele! Ou seja, colocando-se no lugar dele. Por exemplo, um estudante universitário:

Um típico estudante pensa em provas, trabalhos, artigos, TCC, estágio, falta de dinheiro, diversão etc.

Na lógica da escrita, essas são palavras-chave que chamam a atenção desse público porque já estão na cabeça dele e o copywriting as insere em textos de marketing digital — em anúncios no Google, em posts em blog, nas publicações em redes sociais e assim por diante.

 

Contextualize a mensagem

Contextualizar a mensagem é incluir o público no texto. Na verdade, bons relacionamentos costumam começar quando ambas as partes identificam suas afinidades. É o famoso: “opa! Eu sei do que você está falando!”.

Ainda no exemplo do universitário, se você vende roupas, pode apelar para a procura de um estágio ou para a preocupação em ser mais produtivo nos estudos.

 

Solucione problemas

Já diziam os psicólogos: somos movidos pelo desejo ou pela necessidade. Então, escreva textos seguindo essa lógica. Nosso amigo universitário deseja se formar, conseguir um emprego e, quem sabe, até começar um namoro. Logo, os textos devem mostrar a solução oferecida pelos produtos do cliente.

É assim que acontece o casamento das técnicas de copywriting para marketing digital de varejo citadas, com o interesse real dos consumidores.

Diferentemente do texto comum, o copywriting vai a fundo na cabeça do público e cria vínculo por meio das palavras. É essa ligação que aumenta as vendas.

 

Lembre-se que a língua portuguesa deve ser sua melhor amiga

Textos com erros ortográficos e gramaticais, sem sentido ou entediantes são tiros que saem pela culatra. Em vez de atrair clientes, isso os espanta. Por isso, cuidado! Consulte o dicionário, a gramática, ou contrate os serviços especializados de um profissional ou empresa. 

 

Pronto! Esses foram os principais pontos que você precisa saber sobre copywriting aplicado ao marketing digital para varejo. Para continuar nesse caminho, assine a nossa newsletter. Assim, você tem acesso a mais conteúdos como esse.