CasesNa PráticaPublicidadeSoluções digitais

“Independência ou morte” um slogan top ou não?

Hoje, há exatos 197 anos, Dom Pedro, montado em seu cavalo branco gritou, às margens do rio Ipiranga, a famosa frase “independência ou morte” para selar de vez a liberdade do Brasil em relação a Portugal. 

Quase dois séculos se passaram e o episódio ainda é (e garanto que será por muito tempo) lembrado nas aulas de história. Bom, Dom Pedro não era publicitário, nem marqueteiro e isso ainda nem existia naquela época, mas que ele lançou um belo de um slogan, isso foi!

E se eu te contar que esse termo é ainda mais antigo que o Dom Pedro, o cavalo branco, o rio Ipiranga e o grito da independência? 

via GIPHY

Pois é, pasme, a palavra slogan tem origem na cultura celta (há zilhões de anos, tão antigo que não dá nem para quantificar). Naquela época a palavra era sinônimo de grito de guerra. O tempo passou, os publicitários nasceram (ainda bem) e o conceito mudou um pouco (será?).

Hoje, um slogan é o melhor amigo da sua empresa/marca (se eu começasse a citar aqui todos os slogans que se fixaram no meio social, teria outro grito de independência e a gente ainda estaria aqui).

Mas, basicamente, é ele que vai te ajudar a se posicionar no mercado e, principalmente, a se tornar um destaque em meio aos concorrentes. Sabe aquela ideia de ouvir uma palavra e já associar ela a uma marca? É isso que o slogan faz!

via GIPHY

Com ele, você constrói uma identidade que é só sua e um estilo de comunicação que é  exclusivo também e, fala sério, quem não gosta de coisas originais? 

E aí, quer saber mais? Assine nossa newsletter e tenha conteúdos livres na sua caixa de e-mail!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Translate »
Share This