Você já ouviu falar que a comunicação não é tão valorizada como deveria, né? Muitas empresas não sabem que negócio é esse e não se preocupam em descobrir o papel dela para o sucesso da marca. Isso é um grande erro! Como um negócio vai crescer se o público não entender nada sobre ele? Pior: e se ele nunca nem ouviu falar da marca?

É por isso que escolher uma agência é igual curso de faculdade: você deve entender que essa decisão vai determinar grande parte dos próximos anos da sua vida. Não dá pra ficar preso em um curso que não diz nada sobre você. Dá?

 

Jogar dinheiro fora não tá com nada 

Você tem que investir em quem sabe investir. É aquela história: de nada adianta confiar em quem fala demais e faz de menos. Um erro comum das empresas é contratar uma agência de comunicação por dinheiro ou por comodidade — mas nem sempre esses fatores compensam.

É fundamental saber como a agência trabalha, qual é a ideia dela de estratégias de comunicação e, principalmente, onde o cliente entra nisso. Ele faz parte do processo? Ou é só o cara que assina o cheque?

Não basta investir em todos serviços de publicidade disponíveis — isso é gastar muito dinheiro sem saber se aquela é a estratégia ideal para o negócio. A comunicação vai muito além de produções materiais: envolve análise minuciosa do público e das metas da empresa, ou seja, um conhecimento verdadeiro do que compõe a marca.

A agência tem que ser aquela tia enxerida e descolada que quer saber tudo da vida do sobrinho e não se contenta com pouca informação, sabe?

 

A comunicação é tipo uma criança mimada

Sim, ela exige atenção. E não é pouca. 

A comunicação não pode ser deixada de lado e, quando isso acontece, todo mundo percebe. O retorno sobre o investimento pode ter diminuído, a conversão de leads pode estar baixa, as redes sociais fracas e pouco interativas, a marca pode estar em crise de identidade. Não importa como, você vai saber que tem alguma coisa errada ali. 

Isso não é à toa. Sem estratégias bem elaboradas e que entreguem resultados, a empresa perde o foco e a produtividade e  pode até duvidar da forma como atua. Por isso, não tenha medo de investir. A publicidade e o marketing são essenciais para o seu negócio ter um espaço entre a concorrência. 

Entenda a criança mimada, dê atenção a ela e procure saber por que ela tá fazendo aquele barulho todo. 

 

Seguir tendências é só sucesso

Esse mundo de tecnologias digitais exige pique demais. A informação tá solta e corre o tempo inteiro. O que nos resta é tentar acompanhar

No marketing, não é diferente. As tendências do mercado surgem e precisam ser pensadas para a realidade da empresa. Claro: não é toda modinha que você deve seguir.  Afinal, cada negócio tem sua própria cara e precisa seguir sua identidade.

Mas é importante sempre estar ligado às novidades e decidir quais fazem sentido para você. As agências bem antenadas vão planejar bem como usar essas tendências ao seu favor. Por exemplo, o Inbound Marketing está super em alta em 2017. Blogs de conteúdo, mídias sociais que procurem interagir com o usuário e humanizar a marca, e-mail marketing, interação online, SEO e muito mais.

Ou seja, são aquelas estratégias que atraem o cliente até a empresa de forma passiva. Ele fica interessado no conteúdo e na informação que você oferece e passa a confiar na sua marca.

No entanto, não podemos deixar de lado as mídias tradicionais. Elas também têm seu papel fundamental de captar a atenção das pessoas para divulgar as ideias e os princípios do negócio. 

A coisa mais legal de uma agência é que ela seja integrada. Ela deve estar preocupada com sua empresa, deve entender por que você quer investir e planejar a melhor forma de retornar esse investimento. É show demais quando essa escolha é bem feita. 

E você? Já sabe como vai escolher sua agência de comunicação ideal? Dá aquela comentada no post!