Janeiro já passou, mas as chances de ter sucesso em seus negócios estão apenas começando. Assegure-se de ficar atento para não perdê-las ou para não deixar alguns detalhes que parecem simples serem deixados de lado.

Nesse contexto todo, um deles é o seu posicionamento de marca. Você sabe como ele é importante para o desenvolvimento do seu negócio? Se sua resposta foi não, vem com a gente para aprender!

 

O que é o posicionamento de marca?

Ninguém cria o próprio negócio querendo ser igual a todo mundo, não é? Pensamos em uma proposta que traga novidade, aquela promessa de solucionar o problema do cliente de um jeito que ninguém mais pode. Colocamos nele nossa visão, os valores que pensamos serem os mais importantes — como a ética e a colaboração mútua, por exemplo — e investimos tudo para que aquilo cresça e se desenvolva.

Quer ver só? Pense na sua empresa e se lembre do que você queria quando a criou. Agora, segure esse pensamento. Você precisa fazer com que seu público entenda essa visão e, dessa forma, conquiste um lugar especial em sua memória.

Então, podemos dizer que o posicionamento é o conjunto de ações de marketing e comunicação que farão com que as pessoas conheçam quem é você.

 

E qual a pressa, gente?

Hoje em dia, existem milhares de negócios do mesmo segmento se multiplicando mais rápido a cada dia. Por isso, para conseguir se sobressair e conquistar os clientes que estão perdidos em meio a toda essa enxurrada de ofertas, você precisa saber quem é e o que você pode oferecer para eles. Aí está o motivo de toda essa urgência. 

Não deixe para amanhã essa definição. Ela pode ser a diferença entre fidelizar ou não os clientes à procura de novos negócios.

 

E como fazer essa maravilha rodar em 2017?

Juntando 1 e 1, você já encontrou o resultado, não é? Por meio do posicionamento, você será capaz de atrair mais clientes e, como consequência, ter mais chances de fidelizá-lo. 

E, para agilizar o processo, aqui vão algumas dicas para aplicar essa técnica:

1. Não tenha medo de bancar o diferentão

No mundo dos negócios, é fundamental ter um posicionamento diferente, que mostre aos clientes o que sua empresa pode entregar a mais para eles. Por isso, aposte em suas ideias e seja o pioneiro. Às vezes, vale a pena arriscar naquele projeto que é um pouco fora da curva, mas que seu instinto e o planejamento apontam que será sucesso. 

2. Fique apegado ao Aurélio

Nada de erros gramaticais. Na hora de lançar o blog, página de Facebook ou até uma nota de rodapé, se apegue ao bom e velho português. Parece um detalhe, mas olha, é de suma importância!

3. Tome cuidado com a língua

Nada de prometer um Mundo da Imaginação aos seus clientes, quando você sabe que não pode cumprir. Nada de propaganda enganosa. Se você disse que é capaz, faça. Se sabe que não vai rolar, não prometa.  

4. Abrace as críticas

Nada de virar o rosto para os que criticarem seu negócio! Pelo contrário, se atente a eles. É a partir das críticas que você vai conseguir avaliar os seus processos e pensar no que pode ficar, e no que deve ir. Medite sobre isso e, aí sim, pense em maneiras de melhorar e mostrar aos que seguem você que as criticas são ouvidas e, o mais importante, atendidas.

Agora você já tem um norte sobre o posicionamento e sua importância. Mas vamos te dar mais uma dica: para se desenvolver e deixar o posto de Padawan para chegar a um Jedi, é importante que procure mais e mais conteúdo para entender tudo sobre o assunto. Mãos à obra!

Ah, e uma vez compreendido o posicionamento ideal para a sua empresa, é hora de colocá-lo em ação. Ele será a base para várias coisas, inclusive para a comunicação interna e externa.

Falando nisso, seu conteúdo precisa ter, acima de tudo, qualidade e informação que vai realmente ajudar o seu público. Então, que tal aprender mais sobre Inbound Marketing também? Lembre-se: conhecimento é poder. Quer dizer, nesse caso, mais lucro para você!

Até o próximo post. 😉