A questão de hoje pode até soar como uma pegadinha, mas juramos que não é nada como “qual é a cor do cavalo branco de Napoleão”. Diz aí, você sabe qual é a diferença entre persona e público-alvo? É, essa aí é capaz de dar um nó na cabeça de muita gente.

Por isso, nesse artigo, a gente decidiu esclarecer essa dúvida cruel e mostrar para você o valor de adotar as personas no seu negócio. Vem com a gente!

 

Precisamos falar sobre seu público-alvo

Vamos usar a imaginação aqui e pensar em você como um vendedor de pães. Você sabe que: a) quer vendê-los e b) seu público é a vizinhança e redondezas que consomem pães.

Então, de forma bem simplificada, podemos dizer que, nesse exemplo, seu público é amplo e genérico. Afinal, você tem um mar de gente que pode se tornar consumidor de seus produtos, certo? Pois bem, esse é o público-alvo. 

 

E a persona? Onde entra?

Agora, pense em um casal que conhece os mínimos detalhes um do outro e ligue, mais uma vez, a chave da imaginação. No primeiro exemplo, tendo um público tão vasto, é difícil conseguir fidelizar pessoas, porque estruturar ações de marketing para eles não vai ser uma tarefa fácil para qualquer padawan.

Já no segundo caso, conhecendo os gostos, a rotina, as preferências e possibilidades do seu cliente, a chance de conseguir captar sua atenção e conquistá-lo é quase certa. E é isso, meu caro, a técnica de personas.

 

Agora desenha: por que eu preciso de persona no meu negócio? 

Assimilar a importância da técnica para o seu negócio está complicado? Calma que a gente desenha para você! Aqui estão três motivos para que você comece, hoje mesmo, a aprender mais sobre as personas: 

 

1 Você vai ter um tiro mais certeiro que o Arqueiro Verde

Qual soa melhor: atirar para todos lados e conseguir alguns ou mirar e gastar suas balas em tiros certeiros? É, a analogia pode até ter sido fraca, mas a intenção foi boa: fazer você entender que, sabendo no que mirar, as chances de acertar são muito maiores. Por isso, o uso de personas é tão valioso.

 

2 Seu negócio vai atrair mais gente que os leoninos

Você pode pensar que usando o Brasil inteiro como público-alvo, por exemplo, terá um alcance maior e, consequentemente, mais clientes. Mas, me diz aí, você prefere alguém que te trate de forma especial ou aquele que usa apelidos porque não lembra nem o seu nome? 

Pois é, essa é mais uma das vantagens da técnica. Com ela, você vai atrair pessoas que têm uma ligação com o seu conteúdo e isso faz toda a diferença. Acredite!

 

3 Analisar dados nunca foi tão legen-wait for it-dary!

Quem nunca fez uma lista com qualidades que alguém precisa ter ou um comparativo entre produtos que precisamos comprar, que atire a primeira pedra. Essas listas existem por um motivo: tornar mais fácil escolher o que você precisa. As personas funcionam de forma bem parecida, sabia?

Fazendo uma lista sobre o que seu público faz, como gasta, onde gasta, interesses e, bem, todos os dados relevantes e detalhados utilizados na criação de seu perfil, você vai entender quais ações funcionarão melhor com eles, quais produtos farão sucesso, o que você deve mudar no atendimento e, bom, você entendeu… Vai atingir bem no alvo os seus clientes e fidelizá-los com mais facilidade!

 

E aí, se convenceu da importância das personas para o seu negócio? Então, anda logo e comece já a usar essa técnica! A gente garante que, uma vez nesse mundo, você nunca mais vai querer voltar pro basicão!