Instituições religiosas costumam ter um público muito fiel, que se relaciona diretamente e constantemente, principalmente porque envolve emoção e fé. Os “fiéis”, são chamados por esse nome e não é à toa. Com esse tipo de público, é muito fácil conseguir trabalhar o inbound marketing e relacionamento em páginas de instituições religiosas.

Como já vimos aqui, o inbound marketing trabalha a produção e compartilhamento de conteúdo relevante para um público. Geralmente com o consentimento deste público, isso vai criar um relacionamento e o relacionamento gera fidelidade. As instituições já têm do seu público um bom tanto de consideração e fidelidade no offline. Por que não aproveitar isso no online? Tem baixo custo, é uma ótima forma de espalhar sua mensagem, possui formatos diferentes de publicações e oferece resultados reais e mensuráveis. Confira comigo no replay!

 

Baixo custo

O inbound marketing tem um custo muito baixo se comparado com outros tipos de metodologias de divulgação. O seu custo pode ser até 62% menor, e o seu retorno pode ser até 275% maior. Já que o conteúdo marca presença nos sites de pesquisa da internet, com um investimento só, vai conseguir marcar presença em mais lugares na grande rede. É um pacotão completo, você anuncia em um lugar, investe um pouco e traz um bom tanto de retorno.

 

Uma ótima forma de espalhar sua mensagem

As redes sociais são ainda uma novidade, principalmente para instituições religiosas, que seguem uma linha de comunicação mais tradicional. Mas, se o seu público todo está lá, por que não aproveitá-la? Ali a sua mensagem vai se espalhar mais rápido que a multiplicação dos pães.

Mensagens, eventos, festas, promoções, celebrações e até mesmo os famosos “avisos paroquiais” serão divulgados mais facilmente. O próprio objetivo é esse, levar a Palavra de Deus em todos os lugares, logo é preciso estar lá na internet.

 

Formatos diferentes de publicações

Você já deve ter visto por aí nas redes sociais que as páginas podem publicar fotos, vídeos, GIFs, textos e materiais que combinem alguns desses formatos. Cada um deles possibilita exercitar a criatividade e criar anúncios que geram resultados.

Temos como exemplo, o Instituto Adventista Paranaense (IAP), uma instituição de ensino com filosofia cristã. Há um bom tempo ela realiza esse trabalho em sua página com publicações de assuntos relacionados ao dia a dia e temas espirituais. Com isso tem conseguido resultados interessantes

Suas publicações alcançam por dia cerca de 22,2 mil pessoas. Seu engajamento é cinco vezes maior que o público do seu maior concorrente, que também trabalha com estratégias de marketing de relacionamento. Em comparação a outros, tem resultados vinte e cinco vezes maior. Um belo exemplo.

 

Resultados reais e mensuráveis

Na página da rede social da sua instituição você conseguirá ver os resultados reais do trabalho de inbound marketing. É só verificar o número de visitas ao site direcionados dali, os comentários dos seguidores, as curtidas e os compartilhamentos em um post. Isso mostra o quanto os seus fiéis gostaram de determinado assunto e se envolveram com a página.

Por ali é possível até descobrir o perfil do seu público, pois a própria plataforma mostra os dados demográficos de seus seguidores. Idade, sexo, lugar que acessa, entre outras informações.

Um exemplo de ótimos resultados, é o trabalho do teólogo Leandro Quadros. Em seu Facebook possui 240 mil curtidas, no Twitter 35,2 mil seguidores, no Instagram 34,7 mil. Seus vídeos possuem milhares de views. Por meio desses resultados, ele consegue definir os temas preferidos de seu público e definir um perfil. Isso ajuda na produção de novos conteúdos, pois sabendo o que o público procura, é possível oferecer mais daquele tipo de conteúdo.

Como você pode ver, é possível e relativamente fácil de trabalhar o inbound marketing e relacionamento com o público de instituições religiosas. Basta conhecer as técnicas e utilizá-las corretamente.

E aí, gostou do conteúdo? Te convido a ver mais conteúdos sobre inbound marketing, basta clicar aqui.