Na PráticaResultados

Branding: você precisa se preocupar com ele se quiser vender mais

Tudo o que é dito, escrito ou exposto por uma empresa constitui a sua essência. É preciso ter sintonia e seguir um padrão para favorecer a associação entre o cliente e o negócio. Quando isso é aplicado a todos os produtos e serviços, desde o visual até o comportamental, temos o branding.

A gestão de uma marca envolve o conjunto de tudo o que parte dela para o público (propagandas, conteúdos, atendimento). Ela define como a empresa irá se mostrar e determina como o mercado irá percebê-la. Ou seja, um branding bem definido posiciona a marca de forma mais efetiva na mente do consumidor. Isso conquista a sua preferência, e fecha os espaços para a concorrência.

A importância do branding adequado

A percepção do público em relação à marca, se negativa, pode ser fatal para a empresa. Por outro lado, uma relação positiva pode garantir o seu crescimento.

Um branding adequado:

  • Manifesta a essência da empresa e melhora sua percepção de valor
  • Cria afinidade entre o público e a marca
  • Se conecta com as necessidades dos clientes
  • Reflete a cultura da empresa
  • Atua diretamente nos sentimentos e emoções do público
  • resulta em engajamento e empatia
  • Favorece a credibilidade

Como construir um branding de sucesso!

Uma percepção de marca positiva é construída por atributos que vão além da identidade visual. Um atendimento de qualidade, um pós-vendas efetivo, o valor oferecido aos clientes, são determinantes para o sucesso do negócio. Criar uma atmosfera favorável a esses interesses demanda o envolvimento de todos os colaboradores. Se a propaganda vende uma empresa prestativa, será um problema não oferecer isso quando o cliente entrar em contato.

A construção de um branding efetivo é relativamente simples, mas requer tempo e atenção. Descobrir o propósito, o tom de voz e sua personalidade fazem parte do processo. Diante disso, alguns passos precisam ser seguidos para alcançar o resultado esperado:

 

  • PASSO 1: Tenha um propósito

 

Mais que comprar pela necessidade do produto, as pessoas compram por que se identificam com o seu propósito.

Margarina diversas marcas produzem, mas só a marca X reúne quem a gente ama pro café da manhã. As opções de carros são imensas, mas só o modelo Y da marca Z é que dá mais liberdade. Percebe a diferença entre um mero produto e um produto com propósito, com um algo a mais pra oferecer?

A Apple, por exemplo, não vende computadores e afins, ela vende produtos que desafiam o status quo, produzindo itens com design único, fáceis de usar e de interface amigável. Partindo desse princípio, o resultado são excelentes computadores.

 

  • PASSO 2: Defina o seu posicionamento

 

Que tipo de marca você quer ter?

Essa é uma pergunta importante para começar o processo de criação do posicionamento de uma marca. Isso porque, ele precisa refletir aquilo que ela é e só será efetivo se estiver carregado de verdades. Para chegar à uma conclusão assertiva é importante responder à algumas perguntas:

1- Que palavras-chave definem a cultura organizacional da empresa?

2 – Quais são os pilares de sustentação (onde essas palavras encontram lugar comum)?

3 – Como posso definir a personalidade da marca?

PASSO 3: Descubra sua persona

A brand persona é um personagem criado para representar a marca diante do público, é quem irá se comunicar com ele. Ela é responsável por criar uma afeição entre quem ouve e quem fala, por aproximar os valores do cliente aos valores da empresa.

A linguagem, o tom de voz, as preferências, a personalidade, tudo precisa refletir a identidade da empresa, ser autêntico. Imagine que sua marca é uma pessoa:

  • Como ela se comunica? É gentil?  Alegre? Romântica?
  • Que linguagem ela usa? É descolada? Mais formal?
  • Do que ela gosta? Cozinhar? Praticar esportes? Consertar coisas?

Para definir a sua brand persona, também é importante conhecer a sua buyer persona, ou seja, quem compra seus produtos e serviços. Afinal, é com ela que você irá se comunicar e vocês precisam falar a mesma língua.

_______________

A escolha é sua

Há negócios que sobrevivem apesar de não darem a devida atenção ao processo de branding, porém, o objetivo de uma empresa de sucesso deve ser mais que apenas sobreviver, é preciso crescer.

Não importa se sua empresa tem anos de existência ou está começando, ver e rever o branding é estratégia fundamental para quem quer se destacar (ou continuar em destaque). Mude o que for preciso, corrija as falhas, padronize. Não tenha medo! Às vezes, em time que está ganhando se mexe, sim. Um placar que já está bom, sempre pode melhorar.

Gostou deste post? Se inscreva em nossa newsletter e receba mais conteúdos relevantes.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Translate »
Share This